quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Imagine Hot com Liam Payne...

Hey meninas, tudo bom? Espero que gostem desse imagine, me inspirei na música Walks Like Rihanna, e é com o Liam... 

  Os minutos passavam...
  Eu e os meninos estávamos esperando o diretor chegar, ele iria dirigir nosso próximo clipe musical... Seria da música Midnight Memories.
  Mais cinco minutos se passaram...
  Nós nos encontrávamos em uma grande e arejada sala, com grandes janelas que davam vista para toda a cidade, sim, estávamos na cobertura de um prédio, perto do estúdio onde gravaríamos o clipe... Se o diretor chegasse logo.
  Uma mulher entra na sala, fazendo-me perder o fôlego, ela tinha um jeito no andar que me dominou, andava confiante, com seu vestido justo e curto. Olhei para os meninos, sim, eles tinham visto aquela garota, e ela parecia exercer o mesmo efeito sobre eles...
  Apostaria uns vinte e dois anos. Ela era mediana, mas parecia mais alta com aqueles saltos, e magra, tinha os cabelos levemente ondulados e eles eram cor de chocolate, e os olhos exibiam um castanho escuro, que podiam muito bem esconder segredos e mais segredos... Pode parecer que estou maluco, mas aposto que faria qualquer coisa para conhecê-la e para tê-la ao meu lado. Tenho certeza de que qualquer homem faria.
  Inesperadamente ela se senta na cadeira do diretor, e cruza as pernas. E que belo par de pernas..
  Ela sorriu para mim, e sim, meu mundo parou por um segundo. Vi que ela também sorriu para os outros garotos e que todos eles também ficaram um pouco bobos...
  Tinha certeza que ela vivia cercada por homens...
  - Desculpe o atraso, meninos... - Ela falou, sua voz era perfeita, porém um pouco grossa, o que eu achava particularmente sexy, acho que ela não levaria a vida como cantora...
  - Tudo bem... - Falei tentando controlar a hesitação em minha voz.
  Ela novamente soltou um sorriso para mim. Fiquei paralisado. O que era aquilo? Ela era apenas mais uma garota...
  
  - Então.. Vocês tem alguma ideia de como poderíamos fazer o clipe? - Ela perguntou.
  Nenhum de nós conseguiu encontrar voz para responder..
  Levamos um tempo para recuperar nossas vozes, e no final não falamos muito sobre o clipe, ela quis conhecer-nos antes.. Perguntou-nos várias coisas sobre nós e disse que ia pensar em um clipe legal.. E que se algum de nós tivesse alguma ideia para ligar para ela.
  Ela nos passou o número de seu telefone, e eu fiquei olhando para o papel e sorrindo bobo... Até que deu nossa hora de ir embora...
  Nos despedimos dela, e cada um foi para sua casa...
  Passei o resto da tarde e início da noite pensando em alguma coisa legal, somente para ter algum assunto para ligar para ela. Que juvenil isso.
  Pensei em alguma coisa com a letra da música, alguma coisa incluindo uma festa em casa, ou alguma coisa do tipo...
  Eram mais de oito horas quando resolvi tomar um banho e ligar para ela depois...
  Me troquei, e liguei. Ela me atendeu no segundo toque.
  - Alô? - Ela perguntou.
  - Oi, é o Liam, da One Direction.. - Respondi meio sem jeito.
  - Ah, sim. Tudo bom? - Um sorriso bobo escapou de minha boca.
  
  - Tudo sim, e com a senhorita? - Perguntei.
  - Tudo e por favor, não me chame de senhorita, é formal de mais. Chame de você, ou de (S/n)...
  - Okay, sen... desculpe, (S/n). - Senti meu rosto corar.
  - Então.. Você teve alguma ideia, Liam? - Talvez foi impressão minha, mas tenho quase certeza de que ela falou "Liam" sedutoramente...
  - Sim, bem, não é uma ideia completa, mas talvez com a sua ajuda nós possamos desenvolvê-la.. - Respondi.
  - Claro.. - Ela suspirou. - Teria algum problema em você vir até minha casa? Ai podemos conversar tranquilamente. - Senti meu coração bater mais forte.
  - Problema nenhum... - Respondi hesitante.
  - Obrigada. - Ela respondeu com um tom de alívio, e então me passou seu endereço, e disse que estava a minha espera.
  Desliguei, ainda bobo.
  Meu coração assumiu um ritmo frenético... Peguei meu carro e sai de casa. Tentei dirigir calmamente, mas acho que peguei um pouco pesado na velocidade...
  Ao chegar na frente da casa dela apertei a campainha, e quando ela abriu a porta um arrepio percorreu meu corpo.
  Ela estava de shorts jeans, com uma regata branca, que caia perfeitamente pelo seu corpo de modelo, estava descalça e seus cabelos estavam presos em um coque, no alto da cabeça.
  Ela me convidou para entrar, e foi o que eu fiz.
  - Então, sobre o clipe... - Comecei nervoso.
  - Depois falamos sobre o clipe... - Ela me cortou. - Vem.
  Ela me levou até a cozinha, havia uma mesa lindamente preparada.
  - Pode se sentar.. - Ela pediu.
  Obedecendo-a me sentei a sua frente. E por um longo tempo ficamos apenas nos olhando. Até ela sorrir.
  - Pode comer.. - Seu sorriso se alargou. - Não aceito não como resposta hein... - Sorri para ela.
  - Claro que vou comer. Não comi nada desde o almoço. - Percebi pelo canto do olho que ela ainda mantinha o sorriso no rosto.
  - Hoje é seu dia de sorte, então.. Porque este é o único prato que eu faço que fica realmente bom.
  Ela colocou um pedaço da lasanha em meu prato e eu dei a primeira garfada.
  - Humm - Percebi seu rosto se iluminar. - Está muito bom mesmo. - E estava, sem mentiras...
  - Obrigada. - Ela corou.
  Ao terminarmos de comer, ajudei ela a lavar as louças, e então fomos para a sala dela.
  Era um local particularmente grande, bem distribuído, arejado, havia um tapete felpudo no chão, a televisão em uma estante, e alguns porta-retratos dela... E, é claro, havia dois grandes sofás, ela me conduziu a sentar em um deles, e se sentou ao meu lado, cruzando as pernas. Não pude evitar olhar.
  Mas acho que ela percebeu. Quando levantei o olhar percebi que ela me olhava com a expressão um tanto maliciosa, porém divertida ao mesmo tempo.
  
  Corei, tenho certeza disso. Achei que ela iria ficar brava comigo, ou alguma coisa do gênero, mas ela apenas sentou-se ainda mais perto de mim. E acariciou meu rosto.
  - Não se envergonhe Liam... - Ela disse meu nome maliciosamente.
  - Err, eu.. - Eu não consegui terminar a frase.
  - Também me sinto atraída por você.
  Ao ouvir essa frase meu coração deu um pulo. E por instinto eu a puxei para o meu colo, ela logo entrelaçou as pernas ao meu redor e então juntei nossas bocas. Ferozmente. Desde que a vi hoje de manhã tinha o desejo de fazer isso.
  Ela remexeu o quadril, quase me fazendo perder o controle da situação... Ao paramos o beijo, por estarmos sem fôlego, ela suspirou e encostou a testa na minha.
  Aquilo era errado. Muito errado. O que você está fazendo Liam? Controle-se...
  - Me des... - Ela encostou novamente os lábios nos meus, em mais um beijo feroz.
  
  - Não quero que pare por aqui... - Ela sussurrou, depois mordeu os lábios.
  Não aguentei. Aquela mulher eu não deixaria escapar, nem se quisesse, ela era como um sonho, mas eu não precisa estar dormindo para tê-la... Virei ela contra o sofá, e fiquei por cima. Ela me olhava com um desejo ardente no olhar... Cada fibra do meu corpo implorava por aquele desejo proibido de tê-la só para mim.
  Beijei-a novamente, mas um beijo calmo dessa vez, não havia pressa, nós tínhamos a noite inteira pela frente... Minhas mãos começaram a percorrer seu corpo, enquanto as dela se dividiam, uma estava em minha nuca, segurando meus cabelos e a outra estava por baixo de minha camiseta, começou com toques tímidos, por ainda desconhecer meu corpo, mas depois foram se tornando mais corajosos, até que ela arranhou de leve as minhas costas, não pude evitar de grunhir.
  E então nosso beijos se tornaram mais urgentes. Minhas mãos desceram para suas coxas, levantei um pouco a camiseta dela, expondo a barriga, e comecei a acariciá-la.
  Nossos quadris começaram a se esfregar, levemente. Ela fixou a mão na barra da minha camiseta e puxou-a para cima, reclamando um pouquinho quando ela não conseguiu subir o material por meus braços, eu a ajudei e soltei um sorriso. Depois paramos o beijo para passa-la pela minha cabeça. Depois sua boca se encontrou novamente com a minha... Com ainda mais urgência.
  Ela jogou o material em algum lugar. E eu parei o beijo para conseguirmos recuperar o fôlego. Mordisquei levemente o lóbulo de sua orelha, e percebi que ela havia contido um gemido.
  Aproveitei esse tempo e tirei a camiseta dela. Expondo seu sutiã, mas logo me livrei dele também. Comecei a apertar de seus quadris até perto de seus seios e pude ouvir os gemidos urgentes dela.
  Ela inesperadamente me virou no sofá, sentando bem em cima do meu membro. E então começou a arranhar de leve meu abdomem enquanto beijava meu pescoço.. Tive que me controlar para não gemer.
  Ela parou de arranhar e começou a beijar todo meu abdomem, até a barra de minha calça. Oh, droga. Isso era bom demais.
  Eu adorava o arrepio que aquele mero contato me causava...
  Ela se debruçou sobre mim e beijou me pescoço, demorando-se naquela posição, o que me fez ficar apenas mais exitado. Subi minhas mãos das coxas dela em direção ao botão do shorts jeans que ela usava, o abri e comecei a descer a peça de tecido, que ela me ajudou a tirar por inteiro.
  As mãos dela percorriam meu corpo urgentemente. Até que também se direcionaram para os meus jeans, e eu os tirei.
  Nossas bocas se encontraram novamente, apenas aumentando a hesitação. Inverti novamente as posições, e a perna dela apertou mais minha cintura, pressionando meu quadril para frente.
  Sim, eu estava ficando louco...
  E, não conseguiria aguentar muito mais tempo naquela posição. Com relutância paramos o beijo, e minhas mãos foram para a barra de sua calcinha, tirei-a logo depois.
  Ela logo arranhou todo meu abdomem até a aba da boxer preta, que eu usava, e quando estava tentando se livrar dela, por um acaso, nós rolamos do sofá para o tapete, mas nem isso era capaz de nos parar. Não à essa altura...
   Ela me encarou com aqueles penetrantes olhos castanhos, como se dissesse 'O que você está esperando?' nesse momento vi que tinha a permissão dela... Me posicionei na entrada da intimidade dela, enquanto ela encostava o rosto no meu pescoço, e segurava meus cabelos fortemente.
  Comecei a forçar meu quadril para frente, lentamente. E pude ouvi-la protestando, ansiando por mais.
  
  Ela impulsionou o quadril pra frente. E eu deixei um gemido escapar...
  - Devagar.. Devagar pequena, ou eu posso acabar perdendo o controle. - Sussurrei ao ouvido dela, quase sem voz.
  - E se eu quiser que você perca o controle? - Dei uma estocada longa, e pude senti-la revirar os olhos de prazer.
  Continuei com estocadas longas, porém em um ritmo mais frenético. Eu a sentia se contorcer de prazer e sussurrar meu nome várias vezes. Eu não conseguiria explicar a sensação de estar dentro dela, era algo inimaginável... As ondas de calor percorriam minha pele constantemente.
  Mantemos o ritmo frenético até ela gozar, senti as pernas delas tremendo e suas mãos agarrando mais fortemente minhas costas, era como se fôssemos apenas um corpo, movendo-se igualmente, como se nos conhecêssemos a tempos e agora apenas estávamos completando um ao outro...
  Diminui o ritmo dos movimentos, deixando-a apreciar a sensação... E dentro de alguns minutos tirei meu membro de seu corpo e enfim também gozei...
  Ela juntou nossos lábios novamente, sem tanta urgência, e depois se deitou em meu peito. Nossos corações batiam com uma frequência alterada, mas por mais confuso que fosse, eles batiam no mesmo ritmo..
  - Obrigada Liam... - Ela sussurrou.
  - Obrigada você, (S/n). - Falei com uma satisfação na voz.
  - Bem... Poderíamos marcar outro dia para discutirmos o clipe.. - Ela pigarreou. - Se é que você me entende. - E então mordeu o lábio, sedutoramente.
  - Claro. - Respondi com um sorriso. - Na minha casa dessa vez.
  Ela me deu um selinho, e se aconchegou mais contra meu peito.
  - Boa noite, (S/n). - Sussurrei ao ouvido dela, antes de embala-la mais fortemente com meus braços.
  - Boa noite, Liam...
  

 Bom meninas... Gostaram???
 Espero que sim :) 
 Por favor comentem.
 Aceito críticas, pedidos, elogios, enfim tudo. 
 Amo vocês <3
#Mary

5 comentários:

  1. Muito bom, quero mais hot com o Liam pfv, sou nova leitora e estou amando seus imagines

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ownnn, muito obrigada meu anjo >< Pode deixar que vamos fazer sim :)
      Espero que continue acompanhando o blog <3
      #Mary

      Excluir
  2. Oieeee não sei se è pedir de mais...Mas seria que vcs poderiam fazer um fofo com o Liam?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faço sim meu anjo (Se o blog não desativar por falta de comentários)... Só me diz o seu nome, para eu poder dedicá-lo a você...
      #Mary

      Excluir
  3. perfeito mais será que vc poderia fazer um do Louis e dedica-lo a mim?
    #carla

    ResponderExcluir