quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Kissin' U com Niall

Oie meninas :) Antes de começarem a ler, só queria avisar que esse imagine é inspirado na música Kissin 'U, da Miranda Cosgrove (~clique aqui para ouvir a música~) 
Espero que gostem do imagine... 

  O dia cinzento de Londres já se tornou algo comum para mim... Sou a (S/n), sou brasileira e estudante de moda. E a Lou é minha tia, por parte de mãe...
  Ela me convidou para passar um tempo em Londres, ajudando-a...Tanto com a Lux quanto com o trabalho dela.
  Cheguei faz três dias e estou aproveitando esse tempo para conhecer todos os pontos turísticos, porque ela já me avisou que a agenda dela é corrida...
  Acabei de sair do Starbucks e estou dando uma olhada nas lojas, por amor a moda não poderia ser diferente.
  Por estar distraída ao extremo, trombei com várias pessoas, mas uma delas eu não consegui apagar da memória. Um moço loiro, com um sorriso encantador e os olhos mais azuis que o céu... Quando nos esbarramos foi como se faíscas voassem e uma corrente de eletricidade percorresse meu corpo.
  
  E então, ele pediu desculpas e sorriu, e o tempo pareceu parar e tudo ao meu redor pareceu congelar... Mas então, ele se perdeu no meio da turbulenta multidão...
  Segundos depois meu celular tocou, era minha tia.
  - Alô? - Perguntei.
  - (S/n), sabe aquela banda de que eu te falei? - Ela perguntou com expectativa.
  - Sei, tia... - Respondi, mesmo não fazendo ideia de quem era..
  - Então, os meninos tem uma sessão de fotos dentro de uma hora. Se quiser aprender mais e me ajudar, vem... - Ela me passou o endereço, e eu o anotei.
  - Vou sim, tia. Obrigada...
  Desliguei e apertei o passo, era a poucas quadras de onde eu me encontrava... Cheguei no endereço, era uma grande galeria. Entrei e dei de cara com a Lux, a pequena andava de um lado para o outro, e ao me ver ela praticamente se jogou em meus braços, como sempre fazia desde que cheguei a Londres.
  Ela era uma menina maravilhosa, com uma facilidade incrível em se apegar as pessoas...
  Minha tia veio até mim e me deu as instruções do que ela faria, que era para mim prestar atenção em tudo.
  Como os meninos ainda não haviam chegado, comecei a dar atenção e brincar com a pequena Lux..
  Até que um homem de meia idade toca meu ombro, me viro, e ao ver a câmera em sua mão, imaginei que ele seria o fotógrafo.
  - Você é a modelo, não é? - Ele me perguntou com expectativa.
  - Err... - Eu? Modelo? Essa era nova para mim...
  - Não, Jones. Essa é minha sobrinha, lembra que te falei dela? - Tia Lou respondeu no meu lugar.
  - Ah, sim. - Ele me olhou sorrindo. - Muito mais bonita pessoalmente do que pelas fotos que sua tia me mostrou... Prazer em te conhecer. - Tenho certeza de que corei.
  - O prazer foi meu, e obrigada. - Sorri discretamente.
  
  5 minutos depois os meninos da tal banda One Direction chegam. Lux fez questão de me apresentar a todos eles, Harry, Liam, Zayn, Louis, e o moço com quem eu trombei a mais ou menos uma hora atrás, Niall.
  Ao me ver ele esboçou um sorriso perfeito, e ele se aproximou para me dar um beijo na bochecha, exatamente como os outros fizeram, mas a cada passo que ele dava eu sentia meu coração acelerar mais, e pela primeira vez na vida, eu realmente entendi o significado da expressão 'borboletas no estômago'...
  Meu Deus. Eu não preferiria estar em nenhum outro lugar... Quando os lábios quentes dele encontraram-se com a minha bochecha senti meu corpo tremer... Mas como isso? Eu nem o conhecia. E mesmo assim sentia que poderia morrer a qualquer instante por esquecer de respirar...
  Tenho absoluta certeza de que fiquei em transe por um momento, pois quando despertei, ele já estava ao lado dos outros meninos, conversando com o fotógrafo, que por sua vez, parecia impaciente.
  - Mas cadê essa tal de Barbara? Ela não sabe que tem um horário combinado?
  - Ela é assim, Jones. - O menino de cabelos encaracolados, que eu não me recordo o nome, respondeu.
  - Arranje outra modelo então! - O fotógrafo ordenou.
  - Quem estaria disponível a essa hora? - O de cabelos mais escuros que as trevas respondeu, se eu não me engano, seu nome era Zayn.
  - Ela. - O fotógrafo apontou para mim. Gelei naquele momento... Eu era tímida demais até para falar em público e agora queriam que eu desse uma de modelo?
  - Por favor... - Pediu o Louis, suplicante.
  - Mas eu não sou modelo... - Tentei intervir.
  - Nós também não. - Liam, eu acho que esse o nome dele, falou, e depois sorriu, um sorriso confortador.
  E então, Niall veio se sentar na cadeira ao meu lado. E na hora pensei que meu coração explodiria..
  - (S/n), a modelo que viria fazer o ensaio não compareceu até agora... - Ele me encarou com aqueles profundos olhos azuis. - Como o Liam disse, nós também não somos modelos, mas fazemos o nosso melhor. - Ele sorriu. - Nos ajuda? Por favor...
  
  Me vi refletida na imensidão daquele olhar, e por fim, assenti com a cabeça, fazendo todos eles, inclusive a Lux que nem prestava atenção, comemorarem...
  Minha tia os vestiu, e em seguida me vestiu. Era com o tema natalino, então eu estava de Mamãe Noel. A propósito, a Lux adorou a roupa...
  Começamos o ensaio e ocorria tudo normal, mesmo eu estando super-mega-hiper nervosa todos estavam me apoiando e aqueles 5 meninos que eu havia conhecido hoje já haviam se tornado meus amigos... Só tinha um probleminha, eu queria que um deles, em especial fosse bem mais que meu amigo..
  Após uma meia hora tirando fotos, eu já havia me soltado mais, mas aqueles meninos agiam como se fossem profissionais, cada foto deles ficava perfeita, nada menos que isso.
  - Crianças, vamos fazer a última foto! - Jones falou, sorrindo. - Porém, a revista me pediu para fotografar um de vocês beijando a modelo, que no caso é a (S/n)..
  - O quê? - Engasguei ao perguntar. Eu estava chocada, de verdade.
  - É só um beijo técnico, relaxa, (S/n)... - Jones falou confiante.
  - Eu não sei dar um beijo técnico, Jones!! - Falei o mais calmamente que consegui, mesmo minha voz estando dois oitavos mais alta.
  - Você só da um selinho demorado na outra pessoa, não há beijo de língua. Entendeu? - O fotógrafo falou, assenti com a cabeça, não queria saber mais detalhes... - Então, quem será o sortudo que beijará a (S/n)?
  - Niall... - Todos, menos o Niall, falaram ao mesmo tempo. Fazendo o loiro corar, exatamente como eu imaginava estar naquele momento.
  - Jones... - Falei, enquanto esperava mau coração desacelerar, e bater no compasso original. - Posso ter um tempo para me preparar pro beijo?
  - Claro... 10 minutos no máximo. - Jones falou.
  Fui caminhando até uma pequena sala da galeria, e então ouvi Jones comentar:
  - Niall, vá junto, você foi o escolhido...
  Não havia onde se sentar, naquela pequena sala, então apenas fiquei olhando para a parede a minha frente.. E quando os passos ficaram mais altos me virei, dando de cara com o loiro adentrando o local.
  - (S/n), me desculpe por isso. Não quero te forçar a nada... Nem mesmo eu sabia que havia essa foto. - Ele sorriu envergonhado, e depois pegou minhas mãos...
  E nesse momento senti que nenhum outro cara que eu conheci me fez sentir tão certa e segura... Ao mesmo seus olhos focaram-se nos meus, e eu senti uma avalanche de lembranças me atingir, lembrei-me de todos meus amores passados, e que nenhum deles durou muito... E eu prometi que não me apaixonaria de novo até saber o que era certo para mim. E por mais estranho que isso possa parecer, acho que o Niall é o cara certo!
  - Niall, eu quero fazer a foto com você. - O loiro sorriu. - Porque, parece-me que é o certo a se fazer..
  Seu sorriso se alargou e então ele puxou meu corpo para mais perto do seu, senti calafrios quando nossos corpos se encontraram.. Sabia que em poucos momentos ele abriria minha mente para coisas que eu nunca vi...
  - Isso é o certo a se fazer? - Ele perguntou ao encostar a testa na minha. Senti sua respiração acelerar...
  - Sim... É o certo a se fazer... - Respondi, inalando o leve perfume que cobria a sua pele... Ele colocou as mãos em minha cintura, e eu coloquei meus braços sobre seus ombros.
  Ao modo que ele foi se aproximando eu fui perdendo o foco e o mundo ao meu redor foi desaparecendo... E então sua boca macia se encontrou com a minha, fazendo todos meus sentidos ganharem vida e todas as minhas dúvidas e perguntas, como: 'Será que ele é o cara certo?' ou 'Devo realmente acreditar no amor?', ficarem cristalinas e depois desaparecerem...
  
  Sua língua pediu passagem e eu cedi, e então foi como se tudo começasse a fazer sentido... Ele era como a peça perdida do meu quebra-cabeça, por mais ultrapassada que fosse essa expressão. Nos encaixamos direitinho!
  Paramos por falta de ar, e ele encostou a testa novamente na minha, com um sorriso de satisfação estampado no rosto.
  - Vamos? - Ele perguntou..
  - Vamos. - Respondi sorrindo e então ele segurou minha mão e fomos até onde Jones nos esperava.
  - Prontos, crianças? - Eles nos perguntou, dando uma leve olhada para nossas mãos.
  - Sim, Jones. - Respondemos ao mesmo tempo.
  Jones nos posicionou e nos beijamos novamente, eu tinha certeza de que poderia beijar o Niall para sempre, todo dia, a cada minuto! Não sei qual droga aqueles lábios possuem, só sei que não conseguiria viver se tivesse abstinência...
  
  Ouvimos o flash da câmera e paramos o beijo, quando olhamos para o lado onde Jones se encontrava, todos, até mesmo a pequena Lux, nos olhavam sorrindo, e com brilho no olhar...
  Niall segurou minha mão e falou:
  - Eu só queria te dizer, (S/n), que eu nunca senti nada desse jeito, e que você é tudo o que eu preciso. Então nem tente negar, pois eu acho que isso é amor... - Ele olhou sorrindo para mim, e depois me selou.
  - Tia (S/a)¹ e tiu Naiu, estão namorandu!! - A Lux veio até nós cantarolando.
  Sorrimos para a pequena, e ele me puxou para mais um beijo.
  Sim, aquilo era amor. A forma mais bonita de amor que pode existir...O amor que dura para sempre...

Meninas, ficou bom???
Comentem por favor <3
Bônus:

~Achei mega fofo~
#Mary

2 comentários: