segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Jogo de amor... com Liam Payne

IMAGINE DEDICADO A BEATRIZ... ESPERO QUE GOSTE MEU ANJO :D

Estava terminando de me arrumar, estava me aprontando para sair com minha amiga, iríamos ao jogo de futebol onde o seu namorado lindo e famoso estaria jogando, Justin Bieber, eu estava me aprontando e resolvi colocar essa roupa:

   De lá iríamos para a casa do Justin, estava quase pronta e nisso ouço uma buzina,passo meu batom, dou uma ultima olhada no espelho, saio de casa e vou em direção ao carro, notei que aquele não era o carro da Jane, quando entrei na parte de trás do carro, notei que quem estava dirigindo tbm não era a Jane mas sim um moreno forte, usava uma roupa preta, parecia um badboy, era muiiiito atraente e com um sorriso perfeito, sorri de imediato, e foi ai que notei que Jane estava ao lado do moreno, então falei:
-Boa tarde pessoal, Jane, quem é ele ???
-Oiiii (s/n), esse não é nada mais nada menos que o Liam, meu irmão..
-Liam???
-Em carne e osso baby
-Como é bom te ver, vc, vc ta incrivél...-falei suspirando
-E vc ta tão crescida e linda nem parece a menininha que me enchia o saco e que me chamava para brincar de boneca quando a Jane não queria brincar, e que corpo é esse hein...- ele falou me olhando e dando um sorriso sacana, minha reação foi exatamente essa

fiquei muito vermelha e nervosa,lembro de um Liam gordinho mais fofo e tal mas AGORA ELE TA UM GATO E EU REZO PARA QUE ESTEJA SOLTEIRO HEHEHE..., quando ele notou minha reação, virou para a frente e falou:
-Todas prontas?
-Prontinho Liamzito, vamos ver o Jus arrasar no campo
-Vamos sim, ligando o som...
   Ele falou ligando o carro e o som, fomos ouvindo músicas eletrônicas até o estádio, rindo, brincando e ouvindo milhares de histórias dele e dos meninos mais conhecidos como Harry, Louis Niall e Zayn, pelo visto eles eram demais e iriam aparecer na casa do Justin, eu ainda estava digerindo o fato de Jane ter um irmão tão lindo, sorridente e feliz, ele era tão verdadeiro, as palavras saiam de um jeito tão tranquilo, ele era simplesmente diferente de TODOS  os outros caras e aquilo me deixava a cada minuto mais encantada com ele :D
   Depois de andar e andar, chegamos no estádio, estava lotado, muitas fans do Justin e do Liam estavam lá, por ele fazer parte da maior boyband do mundo e tal, ele era muito amado e isso me deixo meio mal, MASOK... entramos no estádio na parte vip e encontramos alguns famosos lá, de lá todos iriam para a casa do Justin, e nisso encontramos o Justin, Jane foi correndo na frente cumprimentar seu namorado deixando eu e Liam para trás, nisso alguém esbarra em Liam e ele acaba vindo para cima de mim, me abraçando para se equilibrar, pegando na minha cintura, isso me deixo quente a sensação de tê-lo tocando-me me agradou muito... apenas falei baixo para ele apenas ouvir:
-Cuidado ai para não cair
-Espero que esteja lá para me ajudar a levantar...- ele falou dando um sorriso de lado meio envergonhado piscando depois, ou seja, ele ficou a coisa mais fofa

   Ele logo voltou a se equilibrar e me pegou pela mão e foi me levando até o Justin para cumprimentá-lo, eu fiquei meio desconfortável mas beleza, relevei e fui seguindo-o, Justin olhou para mim e falou:
-Mas já ta pegando o Liam, tu não brinca em serviço hein menina
-Cala a boca Jus,somos colegas, ele é irmão da Jane e eu sou amiga dela o que implica que Liam e eu somos amigos também, só bons amigos...
-Por enquanto...- ouço Liam falando ao meu ouvido, aquilo me arrepiou inteiramente, em lugares que nem eu imaginava sentir arrepios, por estar muito nervosa, mordi meus lábios e soltei minha mão da do Liam, o deixando conversando com Justin enquanto eu ia na varanda, onde era toda de vidro que nos dava uma visão inteira do campo, eu fiquei lá apenas observando até que sinto um calor subindo pela minha nuca e sinto alguém colando seu corpo atrás do meu e sussurrando:
-Justin pediu um favor para mim, falou se eu não queria já indo para a casa dele arrumar as coisas enquanto ele ta no jogo pa depois ele só ter chegar em casa e arrumar os últimos detalhes, vc não queria ir junto comigo para ir me ajudando?
-A Jane não vai se importar se eu sair?
-Ela e o Justin estão no vestiário, o jogo começa daqui uma meia hora, acho que ela não ta nem ligando...- ele falou ainda mais baixo em meu ouvido e em seguida beijando meu pescoço me fazendo não pensar duas vezes e falar afobada:
-Já que é assim, eu topo, vamos logo- falei o puxando pela mão e saindo dali
   Estávamos quase chegando no carro, quando eu ia abria a porta Liam me vira bruscamente me encurralando no carro, ele já estava me deixando louca, as olhadelas dele, as passadas de mão na minha cintura, aquele sorriso sacana mas perfeito ao mesmo tempo, eu nunca tinha desejado tanto um homem na minha vida do que eu desejo Liam nesse exato momento então falei praticamente gemendo:
-Liam, para com isso...
-Ta tão ruim assim ?- ele falou beijando meu pescoço

-Não é isso, para de me provocar...
-O que eu fiz contigo?- ele perguntou passando as mãos pela minha coxa aparecendo e subindo as mãos praticamente tocando minha intimidade
-Meu deus Liam, nunca pensei que você fosse um pervertido que tá afim de pegar a melhor amiga da própria irmã...
-Você não viu nada ainda, do que sou capaz, posso te deixar louca com apenas alguns toques, te fazer gemer até não te sobrar voz, suas pernas vão doer tanto que vc não vai nem conseguir sair da cama... isso tudo é só e literalmente uma provocação... vc da me deixando assim, exitado, te querendo a partir do momento em vc apareceu na porta da sua casa e eu te vi não como uma menina mas sim como uma mulher muito, muito atraente, eu te quero, hoje, agora, em qualquer lugar, pelo amor de Deus olha o meu estado- ele disse apontando para suas calças já apertadas pela sua ereção, aquilo me deixou ainda mais feliz, porque assim percebi que não só eu tava querendo aquilo tudo, mas sim ambos queríamos que aquele ato ocorresse, eu então puxei sua nuca o deixando a centímetros de mim e sussurrei:
-Acho que posso resolver isso para vc Payne...
   Sem esperar sua resposta eu o puxo para um beijo um tanto quanto quente, enquanto ele explorava meu corpo com suas mãos ágeis eu passava meus dedos pela sua nuca indo para seu cabelo e parando em suas costas, aquele beijo estava para lá de bom, eu mordia seus lábios as vezes, ele apertava a minha bunda em resposta até que ele começou a subir minha saia e eu tive que parar aquilo tudo e falar:
-Que tal primeiro entrarmos no carro e depois continuarmos isso tudo ?
-Blz- ele falou abrindo a porta e me jogando para dentro, era um carro grande e espaçoso, eu cai de costas ali e nisso Liam entro e fecho o carro rapidamente, os vidros eram todos muito escuros, ninguém conseguiria nos ver ali, iriam deduzir que alguém estava dentro do carro a partir do gemidos, apenas por causa disso, quando ele se deito em cima de mim eu já não estava com minha blusa nem ele, e foi ai que ele voltou a me beijar, ferozmente dessa vez
 
   Eu já não tinha fôlego nem nada, mas nós tínhamos uma coisa em comum que estava me incomodando... muita roupa e muito pouco contato de corpo com corpo, quando me direcionei para suas calças ele foi mais ágil e tirou suas calças, ele beijava cada parte do meu corpo, passava a mão em lugares que me deixavam exitada e ao mesmo tempo tensa, por saber que quem estava me explorando daquele jeito, sem pudor nenhum, era simplesmente o irmão da minha melhor amiga, mas eu não queria pensar nisso, agora não, quando ele voltou para mais perto do meu rosto, beijou meu pescoço primeiro depois sussurrou:
-Se prepare, que vc vai ter a melhor experiencia da sua vida pequena- ele falou aquilo apertando meus seios, eu já estava totalmente nua a sua frente(embaixo dele) e nisso ele começou a fazer movimentos com os dedos na minha intimidade, eu me contorcia com cada entrada e saída de seus dedos ágeis, o que era aquilo meu deus, era pecado existir alguém como ele, fazendo aquelas coisas que deixaria qualquer mulher louca e viciada a cada toque...
  Eu gemia seu nome e arranhava suas costas sem piedade... eu estava sentindo que estava prestes a chegar no meu limite mas sinto seus dedos saírem de dentro de mim, me deixando em um estado não muito bom... eu o olhei com cara de "jura que você vai parar por aqui  e me deixar assim ?", então fui mais ágil e destrocamos de lugar, eu ficando por cima dele, agora quem tinha o controle era eu e eu amava estar no comando...
  Ele começou a me olhar quando eu peguei seu membro e comecei a brincar com o mesmo, eu estava alucinada e queria mais e mais, estava com fome, estava alucinada e fora de mim, nunca fui de fazer essas coisas, sempre tive sexo casual, sem muita frescura, sempre foi rápido e bom, mas dessa vez queria ir além das expectativas, comecei com os movimentos com as mãos até que fiquei de joelho no banco e pedi para que Liam se sentasse um pouco, então sem esperar muito tempo dei uma olhada safada para Liam e abocanhei seu membro o colocando em minha boca, aquilo era simplesmente inovador e muito bom, Liam acho eu que gostou tanto quanto eu, pois ele gemia como um virgem prestes a perder a virgindade e passava as mãos pelo me corpo inclinado, minha linguá era rápida, deixando Liam um tanto quanto louco, e eu estava amando o ver daquele jeito, tão entregue, tão meu...
  Notei depois de breves minutos que ele estava quase chegando lá, então decidi para com aquilo e ouvir ele sussurrar com um tom meio bravo e decepcionado "não para não...", eu o olhei uma ultima vez e me sentei em seu colo, cada perna minha a sua volta, suas mãos em minha cintura me guiando, me posicionando para eu ser penetrada, quando senti ele me invadindo por completa de uma vez só, não me aguentei e dei um berro,

 Liam era grande e com uma potencia que só por Deus, de inicio aquilo doeu, e muito, mas com o passar de alguns poucos segundos, aquela dor virou prazer, e que prazer, gemíamos feito dois virgens que acabaram de ter sua primeira relação, eu o queria por completo e ele também me queria, seu olhar me desejava, seus lábios que hora estavam nos meus, hora em meu pescoço, beijando e mordendo aquela região ou hora gemendo no pé da orelha me torturando e me fazendo ouvir aquela voz entorpecida, sexy e perfeita que ele tinha, eu não iria suportar por muito mais tempo...
   E não deu outra, minutos depois de um sexo como aquele, acabamos chegando ao ápice juntos, ele finalmente tirou as mãos de minha cintura que agora me ajudaram a descer de seu colo e me sentar ao seu lado no banco, estávamos os dois ofegantes e exaustos, quando nossos olhos se encontraram, começamos a rir da cena que havia se passado, eu não me aguentava precisava me deitar, encostei minha cabeça na coxa de Liam e fiquei lá até me estabilizar, comecei e colocar a minha roupa, mas desisti, ficando apenas de calcinha e sutiã e Liam apenas com sua cueca box, ele passava a mão pelo meu cabelo até que ele quebrou o silêncio:
-(s/n) isso foi melhor do que tudo que jé presenciei
-Eu também achei a mesma coisa, deveríamos repetir- falei com um sorriso sacana...
-Dorme hoje no meu apartamento, que eu e os meninos compramos?
-Mas hoje, eu nem tenho roupa e...
-Mas para fazer o que estou pensando você não vai precisar de roupas... ele falou com um sorriso safado

-Está bem eu durmo, mas precisamos agora ir para a casa do Justin arrumar as coisas, depois podemos curtim o tanto que você quiser... disse me levantando e beijando seus lábios lentamente, foi um beijo tão calmo e gostoso, fazendo meu corpo esquentar facilmente e rapidamente, mas nos separamos e ele vestiu seu shorts ficando sem camisa e eu só vesti minha saia deixando meu sutiã a mostra, pulamos para o banco da frente e Liam foi dirigindo até a casa de Jus enquanto eu ia fazendo palhaçadas e cantando algumas músicas, eu estava tão feliz, confesso que com algumas dores, mas que passariam logo, assim espero, mas além de tudo, estava ao lado do homem mais lindo e incrível que uma mulher poderia ter e depois daquela transa, posso me considerar dele e ele todinho, apenas e exclusivamente meu, hoje e para todo o sempre, assim espero...

Fimmmm :D

MENINAS ESPERO QUE GOSTEM, E COMENTEM PLEASEEEEEE :)
#Naty

Um comentário: